terça-feira, 8 de maio de 2012

A ENDO SERÁ TEMA DE DOIS PROGRAMAS DA TV BRASIL!!!!

Ando meio ausente do blog, mas, além das fortes dores, minha internet está uma porcaria. O engraçado é que ela anda como eu, meio zumbi e só funciona a noite. A última semana foi uma correria total. Até que enfim, a mídia está dando mais atenção à endo. O trabalho formiguinha está começando a dar resultado, mas ainda não podemos comemorar, pois falta a minha principal função: chamar atenção de nossos governantes, para que eles reconheçam a doença e que se crie uma semana no estado de São Paulo e no Brasil a favor da conscientização sobre a endometriose e também políticas à doença. Chamar atenção não só da presidente Dilma Rousseff, mas também do governador Geraldo Alckmin. É por isto que o A Endometriose e Eu existe e quero contar com a ajuda de todas vocês.

Na quinta-feira, dia 3, participei da gravação do programa "Papo de Mãe", da TV Brasil. O programa foi sobre endometriose e infertilidade. À priori, eu não iria participar, pois não sou mãe e não fiquei infértil. Fui como acompanhante da Maria Helena Nogueira, que falou sobre seu livro "O Sequestro de uma Vida". As apresentadoras do programa iriam apenas falar do blog e eu iria fazer uma pergunta ao especialista, o dr. Maurício Abrão. Lá, a produção decidiu que eu entraria no terceiro bloco. Foi um programa muito produtivo. Encontrei com a querida Gisele Dhal Antoninus, que também participou do programa. Quando eu souber a data aviso vocês, pois, após o programa iremos participar do chat. Ah, mas que o mais gostei é que conheci quem eu precisava, uma psicóloga, mas não é qualquer uma não. É a Ana Rosa, que, por ter endometriose, entende muito bem nós, portadoras. Ela é incrível e já a convidei para escrever aqui no blog. O bacana é que ela topou. Alguém tem sugestão de um primeiro artigo? Acho que vou pedir à ela para escrever sobre a dor, como ela afeta nossa vida. O que vocês acham?

O meu fim de semana também foi extremamente agitado. No sábado, dia 5, participei de outro programa, o "Ser Saudável", da TV Brasil do RS. A equipe viajou de Porto Alegre a São Paulo para a gravação. Passamos o dia todo juntos. Foi fantástico! A gravação começou na minha casa e, a intenção, é mostrar meu dia a dia. Depois fomos ao Parque da Aclimação, ao salão e, por último, na Benedito Calixto. Adorei toda a equipe. Pela dedicação de todos os profissionais, o programa será um sucesso. Assim que me avisarem sobre a data, informo vocês. No domingo, dia 6, encontrei-me com a Gabriela, também de Porto Alegre, que está fazendo seu mestrado na Universidade Federal do RS, em antropologia e tem a endo como tema. Este foi o primeiro de muitos encontros. O trabalho científico de Gabriela irá nos ajudar a sensibilizar não só a sociedade, mas também ao governo. Estou muito feliz com a ajuda de todos! Mas a nossa luta ainda é árdua. Afinal, o diagnóstico precoce é a melhor arma contra a endometriose. Em breve, mais novidades!! Beijos com carinho!!

10 comentários:

  1. Que ótimo! Fico muito feliz por você, tenho certeza que você vai longe com essa sua luta por todas nós!

    Respondi seu e-mail! Espero que esteja bem.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida, Flávia,
      Tudo bem com vc? Adorei seu blog. Se vc quiser escrever aqui é só me enviar, tá. Iremos precisar muito de sua ajuda, aí no Rio. Conseguiu marcar o médico? Beijos com carinho!!

      Excluir
  2. Carol, Qual o nome completo da psicóloga que você mencionou?
    abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida, Anônima,
      Ela já está escrevendo o primeiro artigo. Em breve, direi aqui. Vamos esperar o primeiro artigo. Beijos com carinho!!

      Excluir
  3. Deise Aparecida Petroni Cezario da Silva13 de novembro de 2012 14:22

    Olá Caroline,
    Primeiramente quero agradecer-lhe por lutar por todas que estamos sofrendo.
    Descobri após Ressonância Pélvica que tenho Endometriose infiltrativa e como miséria pouca é besteria também tenho adenomiose uma doença no útero... Minha indignação é saber que quase nada se sabe sobre a doença, tratamento, pílula qualquer coisa tudo carézimo e não somos milionárias nem filhas ou mulheres de políticos...Desde a minha primeira menstruação aos 16 anos, tenho cólicas e sempre procurei médicos e aconversa era sempre a mesma: quando casar melhora...qaundo tiver filhos...e blá blá agora o s médicos publicam falam que temos que prestar atenção em nosso ciclo pois ter dor não é normal...eu nunca me descuidei e só agora depois de tanto trocar de ginecologistas e de tantos exames, foi descoberto...Acho que além de uma postura dos governos federal e estadual, precisamos urgentemente de formação de médicos descentes,é lamentável estou 52, doente e indignada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Deise!
      Como você está?
      A adenomiose é o nome dado a endometriose que está no útero, quando está no ovário é chamada de endometrioma, ou seja, a endometriose modifica o nome dependendo da localização de onde encontra-se.
      A indignação não é só sua, também passei por isso, e tantas outras mulheres passaram, passam e passarão. Posso afirmar a você que até hoje têm alguns médicos que ainda acham que cólicas são normais. São poucos os especialistas que entendem de endometriose no país, infelizmente!

      Por favor, nos mantenha informadas do seu caso.

      Boa sorte! Que Deus a proteja sempre.

      Beijos, com carinho
      Hosana Santana

      Excluir
  4. Oi Caroline primeiramente quero parabenizar pelo conquista e pela luta por todas nós, está me ajudando muito e acredito que muitas outras. Parabéns já sou sua fã rs Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Bia!!
      Obrigada por seu carinho querida! Fiquei emocionada!! Este cantinho é nosso! Beijo carinhoso! Caroline Salazar

      Excluir
  5. Olá, me chamo Cecília. Conheci este endo e eu recentemente. No dia 13 de maio de 2013 fiz uma cirurgia de endo profunda e retirei um pedaço do intestino - retossigmóide - gostaria de conhecer eouvir depoimentos de quem já passou por isso, pois o intestino fica muito diferente. O médico já havia me alertado sobre o fracionamento da fezes, mas é muito ruim, vou ao banheiro toda hora, chego a ficar exausta e ás vezes sinto cólica. Por favor me escrevam contando suas experiências. Será que isso vai perdurar por muito tempo? Depois melhora? Ainda está muito recente?...Cecília

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cecília, querida!
      Seja muito bem-vinda ao blog! Pois é, nossas fezes ainda é um mistério, viu. Eu que não tenho focos no intestino, apenas aderências passo por muitos apuros, acredita?! Além do odor bem fétido, horroroso, eu tenho diarreias, as fezes saem picadas, afe, olha... mas vamos com fé e perseverança. O importante mesmo é ter qualidade de vida e eu consegui esse grande milagre. Espero que você consiga também. Que sua recuperação seja plena. Volte pra contar como está. Beijo carinhoso! Caroline Salazar

      Excluir