sábado, 30 de junho de 2012

VIDA NOVA E UMA REPAGINADA NO MEU VISUAL!!!

Há quase um mês, eu vivo a melhor fase dos meus últimos 10 anos. Para celebrar esta nova vida, resolvi repaginar meu visual e mudei meu corte de cabelo. Fazia tempo que não cortava meu cabelo em camadas. Agora, bem mais magra e com meu rosto voltando ao normal (ele estava muito inchado por conta das aderências), dá para arriscar um pouco mais. Aproveitei que meu amigo Cristian esteve em casa para cortar o cabelo da minha mãe e de minhas irmãs, no último domingo, dia 24, e mudei radicalmente meu visual. Como eu tinha um grande evento no dia seguinte, ele fez uma escova e meu cabelo ficou superchique. E não é que eu adorei o resultado final. Eu amei o corte e como ele está ao natural. Coloco algumas fotos dele com escova, mas eu gostei mesmo dele sem nada. Sou uma das poucas mulheres no mundo que não tem o secador como melhor amigo, ou melhor, que foge de um secador. Aliás, eu até prefiro meu cabelo sem escova mesmo. Graças a Deus, sempre tive um cabelo muito bom, apesar das minhas inúmeras transformações, como na época em que fui bem ruiva. 


Minhas últimas duas semanas foram de uma correria sem fim! Por isso, que eu dei uma sumidinha daqui. Sei que eu não deveria fazer o que estou fazendo, mas preciso trabalhar. Após ter perdido duas semanas de trabalho no São Paulo Fashion Week, a maior semana de moda da América Latina, lá fui eu trabalhar em mais uma edição da Francal. Peço desculpas pelo meu sumiço, mas andar, ou melhor, correr de um lado pro outro do Anhembi, com aqueles pavilhões gigantes, cansa bastante, ainda mais três semanas após minha cirurgia. No fim do dia, minhas pernas estavam muito cansadas e minha barriga reclamava um pouquinho, mas nada do que 20 ou 30 gotas de dipirona não aliviasse. Para não estressar minha barriga ainda mais, eu preferi descansar quando chegava em casa. Sentar no sofá, assistir a TV, relaxar as pernas, mas é claro que eu sempre dava uma espiadinha por aqui. Só não aguentava escrever mesmo. É a primeira fez que faço esta feira sem dor e digo: "Que maravilha trabalhar sem dor, viver sem dor." Só quem sente as terríveis dores da endo é que vai entender o que estou dizendo. Trabalhar na Francal foi a oportunidade para rever algumas amigas jornalistas e fazer muitos contatos para nós. Aliás, reencontrei uma assessora, a Carol, que conheci ainda quando eu era repórter da revista Caras, que quer nos ajudar. Ajudar a pautar, a arrumar anunciantes para o blog. Eu a agradeço imensamente e sei que iremos fazer muitas coisas juntas!

Nesta semana usei, pela primeira vez, em mais de quatro anos, minha primeira calça jeans. Não deu para tirar foto, mas com certeza na próxima vez tiro para vocês verem e para celebrarmos juntos. Por enquanto fotos do meu novo visual. Após a repaginada sai com amigos. A ideia era ir a uma festa junina, mas como estava tarde tomamos uma cervejinha mesmo, na região central. Ainda escolhi uma bata linda da Frida Kahlo, que eu adoro, na cor amarela, a cor que representa a endometriose, para sair e, claro, arrasar! Espero que vocês gostem! Esta é a primeira vez que posto uma foto minha aqui, pois a minha intenção não é em aparecer, mas, sim, a de propagar a palavra endometriose, assim como as consequências de quem tem a doença, além de postar informações relevantes e de qualidade, claro, dentre outras. Já estou preparando muitos artigos novos e interessantes para vocês. Aproveitem para curtirem a compartilharem entre seus amigos a página do blog no facebook: http://www.facebook.com/pages/A-Endometriose-e-Eu/107795342665783 Beijos com carinho!! 


Meu novo corte de cabelo: em camadas!

A franja mais curta, também em camadas, meio desfiada, já que eu relutei em fazer a tradicional "franjinha".

Bata amarela da Frida Kahlo, da Santa Graça, para celebrar esta nova fase!



16 comentários:

  1. Oi Carol, Adorei a post novo e junto o visual novo, parabéns!!!
    Feliz por você estar sem dor e conseguindo trabalhar! bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabens vc ta linda, realmente so é possivel qdo estamos bem e sem dores.
      bjoss e sucesso

      Excluir
    2. Oi, Patrícia e Neia!
      Obrigada pelo carinho de vocês. Fico muito feliz por vibrarem comigo a cada conquista. Podem contar sempre comigo! Beijos com carinho!!

      Excluir
  2. Parabens ficou otimo o novo visual e o melhor e nao ter dor isso e maravilhoso!!!!!! Felicidades carol. Bjsss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Adriana,
      Obrigada pelo carinho e, o fato de não ter mais as fortes dores, faz eu me sentir ainda mais leve e de bem com a vida. E o novo corte só veio a somar a esse meu novo momento. Beijos com carinho!!

      Excluir
  3. Olá Carol.
    Parabéns! Por tudo: pelo blog, pelo novo corte de cabelo e principalmente por se ver livre das dores. Sabemos muito bem o que é isso e sentimos essa sensação, tanto pelas portadoras que chegam até nós, quanto por experiências próprias. Conforme você postou, "Só quem sente as terríveis dores da endo é que vai entender o que estou dizendo". Verdade.
    Parabéns! Tudo de bom!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, meninas do Endoamigas!
      Espero que esteja tudo bem com vcs! Obrigada pelo carinho!! Só nós, que sentimos na pele o que é essa triste doença, é que podemos mudar a realidade de tantas outras mulheres de nosso país. Beijos com carinho!!

      Excluir
  4. Carol parabéns flor vc está lindona, e viva cada dia mais e mais essa nova fase da sua vida viu...Bjus carinhosos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tatiana, querida!
      Obrigada pelo carinho e por vibrar comigo a cada minha nova conquista! Espero contar sempre uma novidade que transmita fé e esperança a todas. Beijos com carinho!!

      Excluir
  5. Ficou linda! Parabéns! Você merece tudo de muito bom! E que bom que essa nova fase está sem dor e mais bonita!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Flavia,
      Obrigada, querida! Tomara que em breve seja você a contar esta grande novidade: a de não ter mais dores. Isso é maravilhoso!! Só sentindo mesmo. Beijos com carinho!!

      Excluir
  6. Super bacana!! Que esta reestruturação visual possa inspirar muitas e muitas mulheres a buscar o que há de melhor e mais bonito em cada uma, independente do problema que possa ter. Beijos, saúde e sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Soraia, minha querida!
      Obrigada por tudo! Com certeza, suas palavras também irão incentivar muitas mulheres. Obrigada sempre pelo apoio e carinho! Beijos com carinho!!

      Excluir
  7. Uau!! Gatona!!! Adorei todas as novidades, principalmente saber que vc está feliz, livre das dores e voltando ao trabalho com pique total.
    Quero ver a da calça jeans e tomar essa cervejinha lena com vc, hein?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, querida,
      Obrigada pelo carinho!! Eu já comemoro minha nova fase há quase 40 dias, mas vc quando vem pra Sampa não liga. É só ligar quando aparecer por aqui. E o da calça jeans já está no ar, como prometido. Beijos com carinho!!

      Excluir
  8. Carol, sua história de luta contra a endometrise é admirável e, melhor ainda, com um final muito feliz! Parabéns!
    Na verdade, encontrei seu blog pesquisando, pois há alguns anos sinto fortes dores no meu ombro direito durante o período menstrual, que se estende por vários dias depois. Já fui a diversos médicos (reumatologista, ortopedista e ginecologista), fiz diversos exames (ultrassons e ressonâncias de ombro e abdôme) e não dá nada! Até agora, nem um medicamento que amenize eu ainda não encontrei. A dor fica pior na hora de dormir. Às vezes, acordo de madrugada com o ombro latejando.
    Durante o período em que eu emendava as cartelas de anti-concepcional não sentia dor alguma. Agora, estou tentando engravidar, parei com os comprimidos desde janeiro, e a dor no ombro vem todo mês. Não tenho dor nenhuma de cólica, só no ombro.
    Por tudo o que já li, a única coisa que eu suspeito é de um tipo raro de endometriose do diafragma, em que a dor pode refletir no ombro. Mas nada foi diagnosticado. Como disse, os exames não deram nada. Minha última opção talvez fosse fazer uma laparoscopia, mas ainda não tive coragem...

    Queria saber também algum medicamento que amenizasse esse sofrimento.

    POR FAVOR, ME AJUDE!

    Beijos, querida!

    ResponderExcluir