sexta-feira, 2 de setembro de 2016

AS ADOLESCENTES E A PRIMEIRA CONSULTA GINECOLÓGICA!



imagem cedida por Free Digital Photos


O número de acessos do A Endometriose e Eu tem aumentado muito nos últimos meses, todos os dias ele ganha novas leitoras. E o que tem me assutado é o número crescente de adolescentes que visitam o blog e que escrevem - seja nos comentários ou por email, principalmente no texto "Seu sangue menstrual é sadio?" -, pedindo ajuda. Além dessas leitoras há também um grande número de leitoras que tem filhas, muitas adolescentes. Pensando nesses dois grupos pedi à doutora Graciela Morgado que escrevesse um resumo sobre a primeira consulta ginecológica. No texto ela aborda a idade que a menina precisa começar o acompanhamento ginecológico, como o médico deve agir com a paciente (quando ela é virgem ou não) e o que ele deve conversar com a paciente nesta primeira consulta. Você também vai gostar do texto "O que sua menstruação diz sobre sua saúde". Beijo carinhoso! Caroline Salazar

Por doutora Graciela Morgado

Adolescentes: primeira consulta ginecológica


O acompanhamento ginecológico nesta fase da vida é fundamental para uma orientação adequada, bem como evitar gravidez indesejada e diversas doenças.

O momento ideal para a primeira visita ao ginecologista é entre 11 e 15 anos. Geralmente, é nesse período que acontece a menarca, a primeira menstruação, assim é importante a jovem começar o acompanhamento ginecológico e receber todas as recomendações.

A primeira consulta costuma ser uma conversa informal, principalmente se a paciente estiver nervosa ou tímida demais. O ginecologista irá fazer perguntas sobre doenças da infância, hábitos, ciclo menstrual, doenças na família e histórico de câncer de mama. Dependendo da idade ou se a adolescente não for mais virgem, o médico também dará orientações sobre sexo, gravidez e doenças sexualmente transmissíveis.

O toque vaginal será realizado apenas nas meninas que já iniciaram a vida sexual. Se a paciente for virgem, o especialista irá examinar apenas os seios, a região abdominal e a parte externa da região genital. As conversas entre médicos e pacientes são sigilosas!

Você é adolescente e ainda não foi ao ginecologista? Que tal marcar uma consulta?


Sobre a doutora Graciela Morgado Folador:


Ginecologista e obstetra, Graciela Morgado Folador tem Pós-graduação em Endometriose, em Cirurgia Minimamente Invasiva, em Infertilidade Conjugal e Reprodução Assistida e Especialização em Vídeo-histeroscopia. É membro da Sociedade Brasileira de Reprodução Humana (SBRH), da Sociedade Brasileira de Endometriose (SBE) e da Advancing Minimally Invasive Gynecology Wordwide (AAGL). É médica-colaboradora do setor de Endometriose do Hospital das Clínicas de São Paulo, USP. Siga a fanpage da doutora Graciela

Nenhum comentário:

Postar um comentário